Main content

A abordagem dos direitos humanos de maneira profunda no jornalismo é cada vez mais necessária na região. O que existe está centralizado nas principais cidades. Entretanto, aprofundar o jornalismo nesses temas é essencial para uma sociedade mais democrática que entende a realidade e se aproxima de regiões mais distantes. Uma dessas áreas é a Amazônia, que foi relegada a ser contada como um espaço afastado, alheio e pouco compreendido. Muitas vezes, aqueles que escrevem sobre a Amazônia o fazem a partir de uma visão geralmente desconectada das realidades, cosmovisões e preocupações das comunidades amazônicas.

Por este motivo, GK e Hivos, no âmbito do programa Todos os Olhos na Amazônia (TOA), lançaram a "Bolsa TOA-GK":

  • Comunicadores/jornalistas do Equador, Peru e Brasil com experiência na Amazônia podem participar.
  • 20 participantes receberão um workshop intensivo sobre narrativa, reportagem, segurança integral e habilidades técnicas em produção audiovisual.
  • 6 bolsas (US $1500) serão concedidas para produção e publicação de histórias.

Para se candidatar você deve preencher este formulário


A chamada estará aberta até as 23:59 (-05:00GMT) do dia 22 de novembro de 2020. Todas as pesquisas serão publicadas no GK e em uma mídia parceira no país correspondente.