Main content

A partir de nossa coalizão, trabalhamos através de uma abordagem integrada baseada em 4 pilares:

Transparência radical: usando a tecnologia para coletar evidências

Graças à novas tecnologias de satélites de monitoramento remoto e às evidências coletadas por comunidades locais e guardas florestais de dentro da floresta, podemos saber onde ocorrem as violações dos desmatamentos e dos direitos humanos, com precisão e rapidez. Nós investigamos sistematicamente - tanto no campo quanto globalmente - quem são os responsáveis por essas ações. Em alguns lugares, também mapeamos os territórios indígenas para garantir a demarcação devida e reconhecimento total dos direitos territoriais.

Responsabilidade total: Atuando por meio de estratégias legais, de campanhas e de defesa de direitos

Uma vez que a atividade ilegal é identificada, os parceiros do Programa tomam medidas coordenadas para impedir que as pessoas destruam a floresta e afetem as pessoas que dependem dela. Como uma coalizão, e com base no que os povos indígenas e comunidades locais decidem, mobilizamos a opinião pública e colocamos tais decisões sob escrutínio público, acionamos a aplicação da lei e / ou iniciamos uma ação nacional ou internacional.

Soluções duradouras: promovendo a mudança estrutural

Defendemos o reconhecimento e a aplicação dos direitos à terra dos povos indígenas e assentamentos coletivos em todos os níveis possíveis. Nós organizamos o apoio nacional e internacional para a floresta tropical e seus habitantes. Apoiamos ativistas e defensores ambientais e sociais para melhorar sua segurança integral.

Conexão e Aprendizagem: Gerando redes e aprendizagem coletiva

Reunimos pessoas para gerar aprendizado coletivo sobre estratégias de lobby e campanhas, além de organizar soluções para problemas técnicos. Nosso objetivo é registrar e compartilhar nossos aprendizados, tecnologia e novas ideias de maneira inovadora, para que nós e outras pessoas ao redor do mundo possamos aproveitar esse conhecimento. Em um estágio posterior, queremos aprimorar nossa abordagem, porque nosso objetivo final é impedir o desmatamento e as violações de direitos humanos em todo o mundo.